Parking News

Geral

Recém lançado em São José, sistema de bikes compartilhadas atinge média de 55 viagens/dia

06/11/2018


Voltar


As bikes ficam disponíveis na região central e Vila Adyanna todos os dias, das 6h às 23h e podem ser locadas tanto para o trabalho quanto para o lazer.

 

Recém-lançado em São José dos Campos, o sistema de bicicletas compartilhadas, disponível na região central, vem despertando o interesse na população. Desde o último dia 20 de outubro, o sistema registrou quase 500 viagens, sendo a maioria com duração entre 3 e 30 minutos – o que demonstra que os usuários estão utilizando as bikes para pequenos deslocamentos ou até mesmo experimentando a novidade.

De acordo com a Serttel, empresa responsável pela operação, tecnicamente o sistema ainda está em fase de adequações, uma vez que o aluguel de bicicletas por dockless (sistema de compartilhamento que não utiliza estações de travamento) implantado em São José é inédito no Brasil. “Estamos fazendo os ajustes a partir da operação com o propósito de simplificar o sistema e atender às necessidades dos usuários”, afirmou Yuri Tonon, gerente de filial da Serttel na cidade.

Quem pretende utilizar as bikes deve fazer o download do aplicativo “Mobilicidade”, atualmente disponível apenas para Android. Para usuário que já usa o estacionamento rotativo de São José (Zona Azul) via celular, basta fazer a atualização.

No sistema IOS, o app estará disponível para download e atualização a partir do dia 5 de novembro.

APP

O aplicativo permite ao usuário consultar o mapa de localização das bikes, obter mais informações sobre o projeto e informar problemas.

Valor do aluguel

Por tempo de uso: R$1,00 acada 15 minutos de uso

(Para usuários com tíquete de estacionamento ativo: R$ 0,50 por até 15 minutos)

Assinatura do Serviço: R$ 20,00/mês por até 30 minutos com intervalos de 15 minutos entre viagens, para dar a rotatividade ao sistema

Sistema

Por meio do sistema dockless (sistema de compartilhamento de bicicletas que não utiliza estações de travamento), os usuários podem usar as bikes por toda a cidade e devolvê-las em qualquer local apropriado para seu estacionamento, dentro da área de cobertura.

As bicicletas inteligentes são equipadas com travas eletrônicas, GPS para localização e chip de comunicação em tempo real, além de baterias solares para alimentação dos dispositivos.

Atualmente o sistema conta com 50 bicicletas no centro expandido da cidade. As bicicletas poderão ser utilizadas todos os dias da semana, no período das 6h às 23h.

BikeSanja

A iniciativa integra o programa BikeSanja que, além das bikes compartilhadas, também contempla a ampliação e a conexão da malha cicloviária, assim como campanhas educativas para uso consciente e seguro do modal.

Fonte: portal R3, 30/10/2018


Outras matérias da edição


Nuvens ameaçam o céu de brigadeiro em 2019

Por Jorge Hori* - Mudanças climáticas nos céus de Bolsonaro poderã (...)


Ainda dá tempo de participar do Congresso Abrapark amanhã

O Sindepark é copromotor do 7 Congresso Brasileiro de Estacionamentos da Abrapark – Associaçã (...)


Sindepark divulga pesquisa da Av. Paulista

O Sindepark realizou pesquisa na Av. Paulista em agosto de 2017 e, para averiguar o desenvolvimento da atividade de estacionamento na localid (...)


Rua dos Pinheiros ganha área de convivência (SP)

A rua dos Pinheiros, conhecida pela concentração de bares, restaurantes e cafés na zona oeste de São Paulo, virou u (...)


Gestão lança novo plano de segurança viária de São Paulo

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT), iniciou dia 30 uma série (...)


Motoristas gastam em média R$ 246 por mês em estacionamento

A cidade de São Paulo tem a maior frota de veículos do Brasil – são 8,6 milhões, sendo 6 milh&o (...)


Executivo envia à Câmara projeto para regulamentar serviço de valet em Guarulhos

O prefeito de Guarulhos, Guti, encaminhou à Câmara Municipal, dia 30, Projeto de Lei para regulamentar os “valet services” (...)


S. Bernardo vai fiscalizar vagas em estacionamentos privados

A Prefeitura de São Bernardo é a primeira da região a regulamentar a Lei federal 13.146/2015 (Estatuto da (...)


Vereador propõe funcionários em cancela de estacionamento (Bauru/SP)

O vereador Manoel Losila apresentou nesta semana projeto de lei na Câmara Municipal para obrigar que estabelecimentos que pos (...)


Prefeitura pode construir estacionamentos subterrâneos em quatro praças da Zona Sul (RJ)

A prefeitura publicou um aviso público para que empresas interessadas façam um estudo público de viabilida (...)


Empresa cria sistema de estacionamento autônomo

Uma startup americana está desenvolvendo um software que permite que carros se estacionem sozinhos. A ideia da empresa, chamada (...)


Vendas de veículos leves avançam 14,3% em dez meses

As vendas de veículos leves continuam em ritmo acelerado: com o fechamento de outubro, o volume acumulado do ano cresceu 14,3% na compara&cced (...)


Cadastre a sua empresa no Sindepark

Clique Aqui