Parking News

Geral

Autoatendimento: um caminho sem volta

31/10/2017


Voltar


cancelashopba-805

A tecnologia é uma grande aliada das pessoas ao trazer praticidade. Ações cotidianas como ir ao supermercado, utilizar o transporte público ou até mesmo pagar o estacionamento têm se tornado mais ágeis e seguras por meio de um sistema que ganha mais adeptos: o autoatendimento.

Consultorias apontam que mais de 60% dos brasileiros pretendem utilizar este recurso nos próximos anos. Trata-se de um hábito conveniente e eficaz que agiliza a rotina de diversos setores. Empresas do segmento devem manter-se atentas ao cenário atual para criar soluções inovadoras que respondam às demandas desta transformação digital.

Organizações como o Grupo Digicon, formado pelas companhias gaúchas Perto e Digicon, ganham destaque ao apresentar tecnologias que integram diferentes funções em plataformas inteligentes e sustentáveis. São várias as demandas presentes no cotidiano, a exemplo do pagamento de estacionamentos, que requer praticidade e segurança. Através de pesquisas, a Digicon desenvolveu um equipamento voltado à questão, incorporando outros serviços, como recarga de telefone e de cartões de transporte público.

Além de aceitar moedas e cartões de crédito ou débito, o Terminal de Autoatendimento para Mobilidade Urbana agrega funções e preserva o meio ambiente, pois funciona com energia solar. Nota-se que o setor dos transportes é um dos principais beneficiados pelo conceito do autoatendimento. No Metrô, acostumamos a ver terminais que recebem pagamentos em diferentes espécies e que, agora, facilitam o troco. Equipamentos como o PayStation, da Perto, contribuem nesta função e integram diferentes sistemas modais, como fluviário e rodoviário, ao emitir e recarregar cartões-bilhetes de transporte. Nos aeroportos, as filas de check-in foram reduzidas a partir do autoatendimento.

A população já se mostra acostumada com essas novas tecnologias que vieram a fim de melhorar os serviços a usuários e empresas no país.

Fonte: DCI - 26/10/2017


Outras matérias da edição


Os estacionamentos e a reforma trabalhista

Por Jorge Hori*A reforma trabalhista ampliou o leque de alternativas (...)


Sindepark divulga resultado de pesquisa Jardins Parte 3

O Sindepark realizou pesquisa em 33 estacionamentos na região dos Jardins Parte 3, nos dias 20, 26 e 31 de outubro de 20 (...)


Banco Central acerta ao reduzir Selic para 7,5% ao ano, aponta FecomercioSP

Para a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), o Banco (...)


Em 180 dias, pedestres e ciclistas poderão ser multados em todo o País

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou dia 27 resolução regulamentando a aplicação de m (...)


Prefeituras discutem aplicação de multa em estacionamentos privados na região (ABC/SP)

Na tentativa de inibir a falta de respeito de motoristas, prefeituras da região iniciaram, no mês passado, discussões a fim (...)


Parquímetros de zona azul acabam lacrados (Valinhos/SP)

Dez dias após o Ministério Público conseguir uma liminar na justiça que prevê a suspens&ati (...)


Justiça extingue ação que apontava irregularidade em decreto da Zona Azul (Barretos/SP)

O juiz Douglas Borges da Silva indeferiu a petição inicial e julgou extinta a ação popular movida pelo advo (...)


Estapar investe em energia fotovoltaica

Presente em 75 cidades, localizadas em 17 estados brasileiros além do Distrito Federal, a Estapar administra hoje cerca de mil (...)


Sem debate sobre a mobilidade urbana

O Senado discute, e está em vias de aprovar em regime de urgência, projeto de lei que pode limitar ou mesmo inviabil (...)


Estapar vence duas categorias do Prêmio TOP Abrapark 2017

A Estapar, líder no setor de estacionamentos na América Latina, foi vencedora do Prêmio Top Abrapark 20 (...)


Estacionamento Solidário rende R$ 8 mil ao Nosso Lar

O Nosso Lar recebeu cheque no valor de R$ 8.177,65, da Estapar, empresa que administra os serviços de Área Azul de Limeir (...)


Cadastre a sua empresa no Sindepark

Clique Aqui