Parking News

Inteligência Estratégica

Ano Novo com tema recorrente

08/01/2019


Voltar


estacionamentosbh-529

Por Jorge Hori* - Bom ano novo, com o Brasil sob nova direção.

Jair Bolsonaro foi eleito pela população com a esperança de grandes mudanças.

Não dar continuidade ao velho Brasil, com todas as suas mazelas, e mudar. Mudar ampla e profundamente.

A primeira semana do ano é ainda de feriado prolongado, preferencialmente sem ler jornais, sem ver o noticiário pela televisão, sem abrir o computador.

Começar o ano encontrando um Brasil novo. De jeito novo. A surpresa é que voltamos e encontramos o mesmo Brasil. Com violência no Nordeste, com o novo Governo fazendo trapalhadas, explicando sem explicar e desviando a atenção sobre o azul e o rosa.

E os estacionamentos? O que mudou? Vai mudar alguma coisa para a atividade?

Por enquanto pouco ou nada mudou. O período é ainda de recesso.

O principal impacto esperado com o novo Governo e sua política econômica é implantar uma economia de mercado.

Como? O Brasil já não é uma economia de mercado?

Sempre se difundiu essa versão, mas na prática nunca foi. Tampouco foi uma economia socialista. Sempre foi e ainda é uma economia mista. Com ampla participação e interferência estatal, desequilibrando as relações de competição entre as empresas privadas.

O Estado sempre foi muito leniente com a "organização do mercado", eufemismo para organização de cartéis, de oligopólios. Um mercado inteiramente livre não admite oligopólios, nem monopólios. Esse só existe nos sonhos dos ultraliberais. Os que agora comandam a política econômica são muito próximos desse extremo, mas têm que se render à realidade.

Estacionamento não será uma prioridade macroeconômica, mas entrará na pauta das discussões da equipe econômica a partir da indignação pessoal de algum membro da equipe revoltado com o valor cobrado num estacionamento específico.

O que vai mudar com o novo Governo é a atenção maior sobre a questão dos supostos "preços abusivos".

Não envolverá uma intervenção estatal, do tipo tabelamento, mas estará na pauta econômica.

Trataremos dessa questão ao longo das próximas semanas.

*Jorge Hori é consultor em Inteligência Estratégica e foi contratado pelo SINDEPARK para desenvolver o estudo sobre a Política de Estacionamentos que o Sindicato irá defender. Com mais de 50 anos em consultoria a governos, empresas públicas e privadas, e a entidades do terceiro setor, acumulou um grande conhecimento e experiência no funcionamento real da Administração Pública e das Empresas. Hori também se dedica ao entendimento e interpretação do ambiente em que estão inseridas as empresas, a partir de metodologias próprias.

NOTA:

Os artigos assinados não refletem necessariamente a opinião do SINDEPARK.


Outras matérias da edição


Sindepark divulga resultado final da pesquisa nos Jardins

O Sindepark fez estudo sobre a atividade na região dos Jardins e, devido à dimensão e abrangência da pesquis (...)


Covas prepara pacote para destravar privatizações logo no início de 2019

A gestão Bruno Covas (PSDB) em São Paulo prepara um pacote de editais e leilões para tentar destravar (...)


Nova regra para motorista de aplicativo começa em 90 dias

A prefeitura de São Paulo regulamentou o credenciamento de motoristas de aplicativos para atuarem na cidade. As novas (...)


Estacionamentos tabelados (Florianópolis/SC)

Um dia após as equipes de fiscalização do Procon autuarem sete estacionamentos nas praias (dia 3) do leste (...)


Reativação da Zona Azul (Camboriú/SC)

A Prefeitura de Balneário Camboriú homologou o resultado da licitação para instalação (...)


Placas do Mercosul dão problema no rotativo e na Delegacia Online (ES)

Os motoristas que optaram ou precisaram mudar as placas dos veículos para o padrão Mercosul estão encontrando algumas difi (...)


Furto ou roubo em Zona Azul: de quem é a culpa?

O consumidor não deve confiar o seu carro às áreas sob a responsabilidade das empresas concessionár (...)


Vendas de veículos leves crescem 13,7% em 2018

Faltou pouco para as vendas chegarem aos 2,5 milhões de unidades: 2018 fechou com 2.470.292 automóveis e comerciais lev (...)


Preço da gasolina recua em 18 estados; valor médio cai 0,32% no país

O valor médio da gasolina vendido nos postos brasileiros recuou em 18 estados brasileiros na semana passada, segundo dados (...)


Cadastre a sua empresa no Sindepark

Clique Aqui